Receitas de Aromaterapia Para Dores Musculares - Blog Aromahelp

Receitas de Aromaterapia Para Dores Musculares

Receitas de Aromaterapia Para Dores Musculares

 

Receitas de Aromaterapia para dores musculares podem contribuir para minimizar tais aflições, sabia?

 

Terror de quem curte academia e focar em treinos, seja em busca de um “shape” mais fitness, saúde e emagrecimento, seja para quem possui doenças relacionadas aos músculos, as dores musculares são capazes de prejudicar o humor e a vida das pessoas em geral.

 

Quais motivos levam às dores musculares? Como se pode utilizar as Receitas de Aromaterapia para dores musculares? Além dos treinos e doenças, há outros fatores que podem desencadear dores e/ou inflamações musculares?

 

A seguir, vamos abordar o assunto, buscando responder as questões acima, entre outras.

E como de costume, ao final, daremos as melhores receitas de Aromaterapia para você lidar melhor com o desconforto da dor muscular.

 

Preparado (a)? Então acompanhe a sequência deste artigo especial da SM Perfumes, feito com todo carinho para você!

 

Atividade física X dores musculares: receitas de Aromaterapia podem minimizar as inflamações

 

Sobretudo no início do treino de musculação, ou após um hiato na atividade física, é comum sentir-se todo (a) quebrado (a) algum tempo depois de realizado o treino, não é mesmo?

 

Isso é considerado normal, e ocorre em decorrência do excesso de atividades físicas para os músculos, que até então, estavam “desacostumados”.

 

Devido aos treinos mais pesados, temos a ocorrência de algum tipo de lesão muscular.

Ela pode tanto ser leve quanto pesada, que acontece devido o comprometimento maior de fibras musculares.

 

Atenção: a grande maioria dos casos de lesão ocorre quando as pessoas são iniciantes na prática de exercícios físicos e/ou musculação, por exemplo.

Portanto, procure sempre realizar as atividades com supervisão de um profissional da área, certo?

 

Além disso, nunca deixe de se alongar, pegue leve no começo e não

extrapole seus limites quando estiver iniciando na atividade física.

 

De acordo com matéria publicada no portal “Revista da Mulher”:

 

O incômodo pode aparecer algumas horas após o treino, mas atinge seu pico em 24h ou 48h. No terceiro dia a dor diminui, pois as fibras musculares se regeneram naturalmente.

Fonte: http://arevistadamulher.com.br/patologia/content/2448260-conheca-as-possiveis-causas-para-as-dores-musculares

Vale dizer que a dor muscular em razão dos treinos e malhação ocorrem também quando aumenta-se a carga ou troca-se de treino, por exemplo.

 

No entanto, se a dor muscular persistir por mais de três dias, o mais aconselhável é buscar ajuda médica. Paralelamente a isso, o paciente pode também investir em alguns óleos essenciais indicados pela Aromaterapia para atenuar as dores.

É o caso do óleo essencial de lavanda, óleo essencial de alecrim, dentre outros que citaremos nas receitas ao final deste post, ok?

 

Dores musculares X doenças

 

Mas nem só de academia , atividade e esforço físico se faz uma dor muscular.

 

Há uma série de outros motivos que podem acarretar o surgimento de dores musculares, devendo ganhar um olhar mais cuidadoso.

 

Em algumas situações, as dores musculares podem se traduzir em sintomas de doenças.

 

É possível também que o incômodo na musculatura ocorra devido à temida Fibromialgia, por exemplo.

 

Segundo o Dr. Dráuzio Varella:

 

Fibromialgia caracteriza-se por dor crônica que migra por vários pontos do corpo e se manifesta especialmente nos tendões e nas articulações. Trata-se de uma patologia relacionada com o funcionamento do sistema nervoso central e o mecanismo de supressão da dor que atinge, em 90% dos casos, mulheres entre 35 e 50 anos.

 

Fonte: https://drauziovarella.uol.com.br/doencas-e-sintomas/fibromialgia/

 

Vale dizer em relação à Fibromialgia que a dor causada por ela pode ser bem intensa, além de associada a outras doenças consideradas reumatológicas. Isso acaba dificultando muitas vezes o diagnóstico.

 

Outras causas comuns de dores musculares são:

 

Distensão muscular;

Entorse;

Ingestão de bebidas alcoólicas de forma exagerada;

Disfunção da glândula da tireoide ou paratireoide;

Efeito colateral da ingestão de remédios para tratamento de colesterol e triglicérides;

Síndrome compartimental crônica;

Dor muscular tardia (DMT);

Dermatomiosite;

Cãibras musculares;

Tensão muscular ou sobrecarga;

Infecções por estafilococos e vírus;

Doenças infecciosas (como gripe, dengue e diarreia), etc.

Lembre-se: nunca deixe de consultar um fisioterapeuta ou reumatologistas caso as dores musculares persistam.

Dito isso, é chegado o momento mais esperado. Veja a seguir, como preparar duas receitas de Aromaterapia para dores musculares e dê adeus ao incômodo:

Receita 1

Prepare 2 frascos, um com água morna e outro com água fria. Adicione os seguintes óleos essenciais em cada uma delas:

 

• 2 gotas de Lavanda;

• 3 gotas de Alecrim;

• 1 gota de Gerânio.

Molhe duas compressas, uma com cada frasco, e aplique-as alternadamente na área da dor.

Receita 2

Dilua, em um recipiente contendo 10ml de Óleo Vegetal:

• 5 gotas de Erva Baleeira;

• 5 gotas de Alecrim;

• 2 gotas de Wintergreen.

Aplique diretamente na região dolorida.

Agora que você já tem as melhores receitas e os óleos essenciais mais indicados, que tal tratar das dores musculares com a Aromaterapia?

Mas antes, sempre bom reforçarmos o seguinte aviso:

OS ÓLEOS ESSENCIAIS NÃO DEVEM SER UTILIZADOS PUROS NA PELE, SIGA SEMPRE AS DOSAGENS RECOMENDADAS E NA DÚVIDA, PROCURE A AJUDA DE UM PROFISSIONAL!

Compartilhe:

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos Relacionados

Óleo Vegetal de Açaí

Benefícios para a manutenção do equilíbrio da pele e dos cabelos é tudo de bom, né?! Então você precisa conhecer o Óleo Vegetal de Açaí!

Aromaterapia para adolescentes

As terapias alternativas fazem bem à saúde independentemente da idade, por isso hoje vamos falar um pouco sobre a aromaterapia para adolescentes.  A Aromaterapia é

Óleo essencial de Olíbano

O óleo essencial de olíbano, também chamado de óleo essencial de incenso, é extraído da resina de árvores do gênero Boswellia. O uso deste óleo remonta a